Recovery Toolbox for Exchange Server – Ajuda online

Apesar de o Recovery Toolbox for Exchange Server (Descarregar) estar concebido para a recuperação de estruturas de dados muito complexas, usá-lo não poderia ser mais fácil. Não precisa de ser um especialista em bases de dados ou administrador de sistemas com anos de experiência para recuperar os seus após falhas do sistemas ou avarias no hardware. Este artigo é um guia detalhado através de cada passo do processo de recuperação, por isso certifique-se de que o leu com atenção antes de prosseguir, e não hesite em voltar a consultá-lo sempre que tenha uma dúvida.

O manual passo a passo para Recovery Toolbox for Exchange Server

Passo 1. Selecionar o(s) Ficheiro (s) de Origem

Dependendo da escolha que fez no passo anterior, verá um ou dois campos de entrada. O Microsoft Exchange Server 2003 e versões inferiores armazenam dados num par de ficheiros .edb (Exchange database) e .stm (stream) associados, logo, se escolheu esta opção verá dois campos de entrada. Se seleccionou Exchange 2007 and greater (Exchange 2007 e superior), verá um único campo para ficheiros *.edb.

Poderá especificar o nome do ficheiro de origem através de uma das seguintes opções:

  • Escrevendo o no nome e o caminho do ficheiro completos no campo de entrada.
  • Seleccionando um ficheiro utilizado previamente de uma lista pendente. Para o fazer, clique num pequeno ícone com um triângulo negro no lado direito do campo e seleccione o ficheiro que quer voltar a usar.
  • Servindo-se da caixa de diálogo Open File (Abrir Ficheiro) standard. Para o fazer, clique no botão da caixa de diálogo à direita do campo de entrada e procure no seu disco duro a fim de seleccionar o ficheiro necessário. Termine o processo com um duplo clique sobre o ficheiro ou clicando o botão Open (Abrir) na caixa de diálogo.
Nota: Se estiver a recuperar dados do Exchange Server 2003 ou duma versão anterior, repita o processo de selecção de ficheiro para ambos os tipos de ficheiros (*.edb and *.stm). Repare que o campo de entrada para o ficheiro *.stm permanecerá inactivo até que haja seleccionado o ficheiro *.edb de origem. O software usa o mesmo nome e caminho para o ficheiro *.stm quando o ficheiro *.edb é seleccionado, mas pode alterá-los manualmente usando quaisquer dos métodos de selecção referidos acima. Assim que tenha seleccionado o(s) ficheiro(s) de origem, pressione Next (Seguinte)para ir para o passo seguinte.
Passo 2. Observe a estrutura da base de dados danificada e selecione os objectos a serem recuperados

O Recovery Toolbox for Exchange Server analisa a estrutura do(s) ficheiro(s) de ase de dados e exibe uma árvore de objectos recuperáveis que identificou. Este ecrã do assistente de recuperação é constituído por duas partes principais. O painel à esquerda contém a árvore de objectos detectados pelo software no(s) ficheiro(s) danificado(s), enquanto o painel à direita permite-lhe observar os conteúdos de objectos e pastas específicos. Pode procurar na árvore clicando nos nós desta (de forma a expandi-los ou fechá-los) e seleccionar objectos específicos. Pode também clicar com o botão direito do rato em qualquer parte do painel esquerdo para trazer para a frente um menu de contexto com as opções Select All (Marcar Todos) e Deselect All (Desmarcar Todos) que pdem ser usadas para rapidamente seleccionar todos os dados ou limpar a selecção actual.

O painel à direita divide-se verticalmente em duas partes. A parte superior serve para mostrar listas de objectos (mensagens, contactos, compromissos, notas, tarefas e por aí fora), enquanto que a parte inferior permite-lhe observar os conteúdos de objectos específicos. Se uma mensagem de email por si seleccionada contiver um anexo, pode guardá-lo ou abri-lo clicando no botão de Attachments (Anexos), seleccionando a opção necessária da lista pendente e escolhendo ora Save (Guardar), ora Open (Abrir). Se seleccionar Save (Guardar), abrir-se-á uma caixa de diálogo Save File standard que lhe permitirá especificar o nome do ficheiro e a sua pasta de destino. Clicar Open (Abrir) abrirá o anexo através de uma aplicação predefinida associada ao tipo de ficheiro.

Se pretender recuperar todos os dados contidos no ficheiro de base de dados danificado, use o comando Select All (Seleccionar Tudo) no menu de contexto no painel esquerdo. Ou então, seleccione os objectos que quer recuperar marcando as caixas correspondentes que lhes estão opostas. Assim que termine a selecção do objectos a recuperar, pressione Next (Seguinte) para ir para o próximo passo.

Passo 3. Selecção da pasta de saída

Chegado a este passo, o Recovery Toolbox for Exchange Server pergunta-lhe em qual pasta de destino deverão os dados recuperados ser guardados. Pode escrever o caminho para esta pasta no campo de entrada ou usar a caixa de diálogo Browse (Procurar) para seleccionar o caminho necessário. A caixa de diálogo também lhe permite criar uma nova pasta ao pressionar o botão Create Folder (Criar Pasta). Assim que a pasta de destino esteja definida, pressione Recover (Recuperar) para prosseguir para a recuperação dos dados.

Passo 4. Recuperar dados e observar resultados

Esta é a fase final do processo de recuperação. O Recovery Toolbox for Exchange Server inicia o processo de recuperação e mostra um registo detalhado de todas as operações a serem executadas. A duração do processo depende primariamente do tamanho da sua base de dados, do número de objectos que seleccionou para serem recuperados e a velocidade do seu computador. Quando todos os objectos forem recuperados, o progama mostrar-lhe-á o aviso correspondente. Poderá então clicar o botão Show Result (Mostrar Resultados) no canto inferior direito da janela do programa para abrir a pasta de destino com ficheiros *.pst de saída que poderá abrir com o Microsoft Outlook.

Poderá agora deixar o programa clicando em Exit (Sair) ou usar o botão Back (Anterior) para retornar a qualquer dos pontos do processo de recuperação a fim de escolher outra base de dados, outros objectos a recuperar ou uma pasta de destino diferente.

Nota: A versão não registrada do Recovery Toolbox for Exchange Server recupera apenas 5 objectos de cada pasta. Para remover esta limitação, adquira a versão integral do programa.
Interface

O interface do Recovery Toolbox for Exchange Server baseia-se num assistente passo-a-passo com um mínimo conjunto de comandos em cada página. A maior parte das funções do programa são automáticas, mas pode modificar certos aspectos do processo de recuperação para atingir fins específicos; sinta-se pois à vontade para pressionar Back (Anterior) e regressar a qualquer altura para alterar as especificações do programa.

Ecrã Principal

O ecrã principal é mostrado assim que o programa é iniciado. Nesta fase, deve seleccionar a versão do Microsoft Exchange que foi danificada. Dependendo da sua escolha, o software servir-se-á de diferentes algoritmos de recuperação, e utilizará mesmo ficheiros de origem. Se estiver a usar o Microsoft Exchange Server 2003 ou um versão mais antiga, seleccione a opção Exchange 2003 and lower (Exchange 2003 e inferior) Se tiver uma versão mais recente do Exchange Server, seleccione Exchange 2007 and greater (Exchange 2007 e superior) Assim que tenha seleccionado a versão do conjunto Exchange, pressione Next (Seguinte) para ir para o passo seguinte.